Justiça autoriza e goleiro Bruno é contratado por rival do Santa Cruz na Copa do Brasil

A Justiça de Minas Gerais autorizou o goleiro Bruno voltar a atuar enquanto cumpre o resta da pena pela assassinato da modelo e atriz Eliza Samúdio, em 2010. O jogador assinou contrato com o Operário-MT, que será adversário do Santa Cruz na Copa do Brasil. A partida, inclusive, já tem data marcada. O confronto acontece no dia 05 de fevereiro, em Mato Grosso.
A liberação de Bruno foi proferida pelo juiz Tarciso Moreira de Souza, da Vara de Execução em Meio Aberto e Medidas Alternativas da Comarca de Varginha (MG). A informação foi confirmada pela assessoria do Tribunal de Justiça de Minas Gerais.
Com a decisão, ele pode se mudar para Várzea Grande, em Cuiabá, cidade que é sede do time, onde ele continuará cumprindo a pena. A proposta de levar Bruno foi feita pelo Operário no ano passado.
Contrato
O clube esperava a decisão da Justiça para dar andamento à contratação. Mais detalhes sobre a transferência do goleiro para a cidade não foram divulgados.
O Conselho dos Direitos da Mulher de Mato Grosso divulgou nota oficial de repúdio à contratação de Bruno. Além disso, cerca de 150 mulheres se reuniram para reforçar a opinião contrária à presença do jogador no time.
"Somos contra (a contratação) porque o futebol tem uma função social que ultrapassa a questão esportiva. Não somos contra a ressocialização, mas o esporte cria ídolos e as crianças aprendem valores com essa super exposição que o esporte proporciona", diz trecho da nota, referindo-se à péssima referência liderada pelo goleiro
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário