Itabuna: Colégio CISO fechará as portas e pais, alunos e funcionários manifestam contra a decisão

Após 50 anos de história, parece que o CISO vai mesmo fechar as portas. Na última sexta-feira (17) o colégio anunciou o encerramento de suas atividades depois do rompimento de contrato de aluguel da Secretaria Estadual de Educação (SEC-BA). A decisão desagradou aos pais, alunos e funcionários da unidade, os quais realizaram uma manifestação na manhã de ontem (20). 

Gritos de protesto e fechamento da saída de Itabuna para Ilhéus na BR 415. Foi assim que os manifestantes chamaram a atenção da imprensa e da sociedade para o que estava acontecendo. A manifestação se estendeu até o Colégio CISO, aonde os pais, alunos e funcionários também ocuparam o espaço. 
Os 930 alunos matriculados serão remanejados para outras unidades. Os alunos do Ensino Médio, conforme o Ciso, serão orientados para matrícula nos colégios Inácio Tosta Filho (Regular) e Valdelice Pinheiro (Integral), enquanto os do Ensino Fundamental serão transferidos para a rede municipal, preferencialmente no Colégio Estadual Luís Eduardo Magalhães (Celem), no Parque Boa Vista. A unidade de ensino também possuía turmas da rede municipal até o ano letivo de 2018, mas foi fechada após o município romper contrato.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário