Aliados de Bolsonaro dizem que instabilidade em sistema da Justiça Eleitoral pode atrasar criação de Aliança

A Aliança pelo Brasil, partido que Bolsonaro pretende criar, tem enfrentado os primeiros obstáculos para sair do papel. Integrantes da sigla apontam dificuldade no acesso ao sistema do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para cadastrar o apoio à fundação da nova agremiação.
De acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, os dirigentes dizem que são quase 100 mil fichas represadas devido à instabilidade no sistema da Justiça Eleitoral. Nesse cenário, parte do comando da Aliança já trabalha com a possibilidade de o entrave operacional atrasar o cronograma de criação do partido até abril –a tempo de disputar a eleição municipal.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário