Mulheres são estupradas após ameaça de serem comidas por pit-bull


Foto ilustrativa
Duas mulheres, com idades entre 14 e 24 anos, foram estupradas e agredidas na madrugada de sábado (28/12/2019). Segundo informações da Polícia Militar de Minas Gerais, ambas estavam no bairro Fazendinha, na região centro-sul de Belo Horizonte.

As mulheres pediram a um rapaz da localidade uma carona até o veículo da vítima de 24 anos. Entretanto, no meio do caminho o suspeito teria desviado o trajeto e as levado para sua residência. No local, ele soltou dois cachorros da raça pitbull, impedindo a saída de ambas, e as estuprou. As informações são do jornal O Tempo.

Segundo informações repassadas pela vítima maior de idade aos agentes da PM, ela e a garota de 14 anos se conheceram por meio de uma rede social. Ela dirigiu o próprio veículo, com placa de Uberlândia, até a praça do Cardoso, no bairro Serra.

Lá, encontrou a garota menor de idade e seguiram para o bar Dom Mariano. No estabelecimento, a vítima conheceu um rapaz identificado apenas como Ramonin que, segundo as informações, já conhecia a vítima mais nova.


Após um certo tempo, a vítima informou que pediu uma carona ao suspeito de volta ao veículo, o que não ocorreu. Segundo a PM, após desviar o trajeto e seguir para a sua residência, o suspeito forçou o sexo com ambas sob a ameaça de elas serem comidas pelos dois pitbulls que se encontravam no local. Elas foram liberadas da apenas no início da manhã do sábado.

Ao serem liberadas, ambas teriam ido comunicar o crime a integrantes da facção local. No entanto, segundo as informações repassadas, elas foram agredidas por quatro pessoas e tiveram o cabelo cortado. A partir de então, a vítima mais velha seguiu, desacompanhada, até a UPA Leste, no bairro Vera Cruz, sendo transferida para o hospital municipal Odilon Behrens, onde comunicou o crime aos agentes.

Com base nas informações, os agentes seguiram para o bairro onde o crime ocorreu, mas não localizaram o suspeito ou a sua residência, assim como a jovem de 14 anos e o veículo da vítima de 24 anos.

Por meio de sua assessoria, o hospital municipal Odilon Behrens confirmou que a paciente deu entrada na unidade hospitalar às 0h24 de domingo (29/12/2019), recebendo alta às 5h36. Ela recebeu atendimento da equipe de ginecologia.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário