‘É bom se acostumar com o câmbio mais alto por um bom tempo’, diz Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse na segunda-feira, 25, não estar preocupado com o dólar acima de R$ 4,20 e que o patamar da moeda deve se manter assim. “É bom se acostumar com o câmbio mais alto e juro mais baixo por um bom tempo”, afirmou, em visita a Washington, onde participou do Fórum de CEOs Brasil-EUA, com a participação de altos executivos de empresas que atuam nos dois países.
Ele afirmou que o dólar em um patamar mais alto é reflexo de uma nova política econômica, que tem juro de equilíbrio mais baixo e câmbio neutro mais elevado – o que, segundo Guedes, ainda precisa ser absorvido pela sociedade.
O dólar fechou nesta segunda em nova máxima histórica, a R$ 4,2145. A moeda subiu 0,52% no dia e já acumula valorização de 5,12% em novembro. “O dólar está alto? Problema nenhum, zero”, disse o ministro. “Eu não estou preocupado com a alta do dólar. Ao contrário. Achei um desenvolvimento interessante e absolutamente compreensível quando você pega os juros. Os juros reais do Brasil estão abaixo de 2%. Inflação descendo, os juros descendo junto.”
De acordo com Guedes, o câmbio vai se valorizar se ingressarem mais investimentos no Brasil. Questionado se o patamar acima de R$ 4,20 é confortável para o País, ele afirmou que isso é a “economia” quem irá responder. “A beleza de você ter uma economia de mercado é essa. O Brasil tem uma moeda interessante, caminhando para a conversibilidade, uma moeda forte, e a cotação dela às vezes varia”, disse.
Guedes defendeu que há sinais de recuperação econômica no País e desemprego caindo. “Os sinais da economia estão todos melhorando”, disse.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário