Bolsonaro sinaliza possibilidade de ir ao Chile acompanhar final da Libertadores

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) indicou que pode ir ao Chile acompanhar a final da Libertadores entre Flamengo e River Plate (Argentina). A afirmação foi dada na quinta-feira (24), durante viagem à China. O duelo acontece em jogo úinico, no Estádio Nacional de Santiago, na capital chilena.
“Estou estudando a possibilidade, a pedido da grande maioria de flamenguistas do meu Ministério, do meu gabinete, de comparecer à final. Tenho certeza que, nesse dia, todos seremos Flamengo, porque o Brasil está em nosso coração”, afirmou o chefe de Estado, que torce pelo Palmeiras.
Anteriormente, Bolsonaro já havia estado na entrega da taça de campeão brasileiro ao seu clube de coração, antes de ser empossado como presidente. Neste ano, ele foi em três jogos da Seleção Brasileira na Copa América, conquistada pelo time canarinho.
O Rubro-negro avançou à final na última quarta-feira (23). No Maracanã, o time treinado por Jorge Jesus goleou o Grêmio por 5 a 0. Na terça (22), no superclássico argentino, o River Plate foi derrotado por 1 a 0 para o Boca Juniors, em La Bombonera, em Buenos Aires. No entanto, por ter vencido a primeira partida por 2 a 0, no Monumental de Núñez, avançou à decisão continental.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário