Bolsonaro decide indicar Nestor Forster para embaixada nos Estados Unidos

Com a desistência do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), o presidente Jair Bolsonaro decidiu indicar o encarregado de negócios Nestor Forster para o posto de embaixador do Brasil nos Estados Unidos.
O diplomata, que é próximo ao escritor Olavo de Carvalho e ao chanceler Ernesto Araújo, era o primeiro nome cotado para a função, mas acabou não sendo efetivado após o presidente ter tomado a decisão de indicar seu filho.
Segundo relatos feitos à Folha, Bolsonaro informou a assessores presidenciais que pretende enviar a indicação do diplomata ao Senado Federal assim que retornar ao Brasil, em novembro, e que Forster já foi sondado e avisado da intenção.
“Já temos o nome, pronto para ser anunciado, e aguardamos os próximos dias, porque depende dele aceitar o convite também”, disse. “Pode ser o Nestor Forster, um bom nome”, acrescentou.
Em conversas reservadas, o presidente disse ainda que a afinidade ideológica de Forster com o seu governo foi um fator determinante para a escolha.
Na recente crise ambiental, após a série de queimadas na floresta amazônica, por exemplo, Forster disse que é “desonesto” relacionar o episódio à política do governo e chamou de uma “histeria injustificada” a repercussão negativa no exterior.
Na segunda-feira (21), antes de Eduardo optar permanecer no Brasil e ser líder do PSL na Câmara dos Deputados, o presidente já havia sinalizado que o diplomata era o seu nome favorito para assumir o posto. 
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário