Marta defende greve dos Correios: “não podemos permitir sucateamento”



Líder do PT na Câmara de Salvador, a vereadora Marta Rodrigues declarou mais uma vez, na quinta-feira (12), apoio à greve promovida pelos funcionários dos Correios em protesto contra a privatização da estatal. “Não podemos permitir que uma empresa do porte dos Correios seja privatizada para atender os interesses da elite e de parte do empresariado que não quer respeitar as leis trabalhistas. Os Correios vem sofrendo paulatinamente o sucateamento para atender a privatização anunciada pelo desgoverno de Bolsonaro, colocando em risco centenas de famílias e o emprego de milhares de funcionários”, declarou a vereadora.
Segundo Marta, a greve é justa por defender o reajuste salarial pela inflação, de 3,43%, e a manutenção dos direitos dos trabalhadores, como vale alimentação de R$ 45 e o plano de saúde para pais e mães dos trabalhadores. “Conforme eles mesmo alegam, os funcionários não conseguem se reunir com as direções há mais de 40 dias e ainda correm o risco de ter salários rebaixados, modificando 19 cláusulas do acordo coletivo e excluindo a responsabilidade em acidentes de trânsito, o ticket extra, o vale-cultura e o adicional noturno de 60% para 20%”, explanou a petista.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário