Liberação do FGTS pode limpar nome da metade dos negativados na Bahia

Pesquisa recente divulgada pela Serasa Experian revela que o estado da Bahia possui 3.935.430 pessoas em situação de inadimplência, liderando o ranking de pessoas endividadas do Nordeste. A reportagem da Tribuna da Bahia conversou com o economista do órgão Luiz Rabi, que alerta para o fato, de que o estado, por ser mais populoso lidera em números, mas em termos de porcentagem a realidade é outra, pois apenas 35% da população adulta está em dívida, enquanto a média brasileira é 40,3% .
Destes 3.935.430 inadimplentes baianos, praticamente a metade tem dívidas, que chegam até R$ 500,00. Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio grande do Norte e Sergipe representam 30,3 % do total de 23 milhões de pessoas nestas condições em todo o país. A Bahia é o estado que apresenta mais volume de pessoas com contas pendentes nestas condições, no Nordeste com 2.065.433 endividados. 
Para o educador financeiro do SPC Brasil, José Vignoli, para evitar que uma pequena dívida se transforme em uma ‘bola de neve’ impagável, o consumidor deve priorizar o pagamento de dívidas com juros mais elevados, que geralmente, são as dívidas bancárias. “A substituição da dívida por uma outra que cobra juros mais baixos é uma opção a ser levada em conta, como é o caso do consignado, que tem juros mais baratos que o do cartão de crédito, por exemplo.”
Segundo dados divulgados pela Serasa, o número de brasileiros endividados e com o nome sujo nos órgãos de proteção ao crédito, bateu o recorde histórico, desde 2016. Ao todo, o número de pessoas negativadas chegou ao alarmante patamar de 63 milhões. Esse dado revela, portanto, que 40,3% da população adulta está inadimplente no Brasil.
Levando em consideração, os segmentos que geram mais dívidas, estão os bancos e cartões de crédito. Eles batem na casa dos 28,1% dos registros de inadimplência. São seguidos pelos serviços públicos como água, luz e gás (19%) e telefonia (11,6%).
Os estados que lideram a lista de maior parcela da população adulta inadimplente são: Roraima (62%); Amapá (53%); Amazonas (51%); Acre (50%); Rio de Janeiro (46%). Dos 63,4 milhões de inadimplentes no Brasil, 15.403.452 estão no Nordeste.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário