Itabuna: suspeito de lesionar mais de 20 pessoas em clínica odontológica responderá processo em liberdade

Paulo Henrico / Reprodução Redes Sociais

Os pedidos de prisão preventiva de Paulo Henrico Almeida e fechamento da clínica na qual ele supostamente atendia irregularmente como dentista em Itabuna foram indeferidas. A decisão veio do Juiz da 1ª Vara crime de Itabuna, Dr. Murilo Staut Barreto. De acordo com o delegado titular da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos, Miguel Cicerelli, o acusado de lesionar física e financeiramente mais de 20 pessoas na região sul da Bahia, irá responder em liberdade até conclusão dos inquéritos.
Ainda segundo o delegado, ele pode responder pela prisão preventivamente ainda durante esse processo. "O Ministério Público pode recorrer, bem como as vítimas e seus respectivos advogados. São mais de 20 pessoas lesionadas e mutiladas que acusam Paulo Henrico, mas a polícia fez sua parte", completou o delegado.



Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário