FHC: ‘Se Doria quer ser candidato, Bolsonaro é adversário’

Ex-presidente Fernando Henrique Cardoso

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso endossou a tática do correligionário e governador de São Paulo, João Doria, de se distanciar criticamente do presidente Jair Bolsonaro. Para FHC, eventual fusão entre PSDB e DEM não significa, necessariamente, uma guinada à direita da sigla tucana. Sobre a decisão de rejeitar a expulsão do deputado Aécio Neves, afirmou que a direção seguiu o estatuto do partido. O ex-presidente concedeu entrevista ao Estado, nesta sexta-feira, 23, em Buenos Aires, onde participou de seminário.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário