TicoMia confirma tradição de maior festa de forró do São João da Bahia

A festa de forró Ticomia, realizada há 32 anos na Fazenda Eldorado, em Ibicuí, confirmou mais uma vez o seu sucesso no São João da Bahia. O tradicional evento superou as expectativas e atraiu este ano, no dia 22 de junho, milhares de pessoas que se divertiram freneticamente ao som das bandas de Peruanno, Saia Rodada, Flávio José, Luan Estilizado, Léo Fera & Banda Forrozão, Márcia Fellipe, Lordão e Mano Walter. 
Animadas, as pessoas começaram a chegar à fazenda por volta do meio-dia, momento em que todos os serviços de comidas e bebidas já estavam à disposição dos forrozeiros. O clima de alegria permaneceu durante toda a festa, que transcorreu até às 23 horas. Na opinião de Douradinho, criador do evento, um dos pontos altos do Ticomia é a fidelidade ao ritmo musical. “O forró é uma expressão nordestina, uma expressão que toca no coração da gente, então, ele vai estar sempre aqui.” 
O cantor Peruanno, ex-integrante da banda Cavaleiros do Forró, foi quem primeiro se apresentou no palco do Ticomia 2019. Em seguida, a banda Saia Rodada com o vocalista Raí Soares incendiou o público com seus sucessos. Logo após, a sanfona de Flávio José fortaleceu ainda mais o clima junino da festa. Dona Silvia Teixeira, residente em Eunápolis, chegou até o backstage do evento para ver o artista Flávio José. Após fazer uma foto com ele, expressou entusiasmada: “Vim de Eunápolis para ver Flávio José, minha paixão. Eu adoro, amo de paixão. Vim pra pedir a ele para cantar “Caboclo Sonhador””. 
Flávio José disse que se sentiu muito honrado em ser lembrado “pra estar neste palco de 30 anos de tradição e muito sucesso. Pra mim é maravilhoso, fico muito agradecido.” Ele ressaltou a opção da festa pelo forró. “A música nordestina, de qualquer maneira, sofre uma série de discriminação, mas a gente está com uma missão que Deus deu pra gente e como discípulo de Luiz Gonzaga e Dominguinhos, e nordestino, continuo fazendo a minha parte”, sentenciou. 
O também sanfoneiro e paraibano Luan Estilizado brilhou em sua terceira participação no Ticomia. Para ele, o evento já faz parte da cultura do forró. Luan contou que este ano trouxe alguns amigos de fora para a festa e que eles ficaram espantados com a quantidade de carros e de pessoas. “Então, o Ticomia já tem história nesse Brasil todo, não é só aqui na Bahia. É bem respeitado o evento. E a gente agradece, nós forrozeiros agradecemos por esse carinho com a gente, sempre, de estar na grade aqui para participar dessa festa”, acrescentou. 
A batida do “forró ousado” ecoou com alegria durante a apresentação de Léo Fera & Banda Forrozão. “Tenho a honra de participar desse evento tão importante, não só pra Bahia, mas para o São João do Brasil. Foi Lindo! Estrutura maravilhosa! A Família Dourado está de parabéns. O público de Ibicuí, de outros estados e de toda a Bahia, que veio, parabéns e obrigado por essa energia maravilhosa. O Léo Fera Forrozão sai daqui hoje muito feliz, muito realizado, e espero voltar no ano que vem”, disse o artista. 
A cantora Márcia Fellipe se apresentou pela primeira vez no Ticomia e agitou o público, que cantou seus sucessos e se encantou com as coreografias. “Eu, como como todos os artistas, de coração, feliz demais, porque sei que todos que passam por este palco, neste grande evento, de muita credibilidade, fica feliz, e eu só tenho a agradecer a Deus e a todos do Ticomia pela grande oportunidade”, declarou a cantora, conhecida como a “fenomenal”. 
A festa celebrou a tradição do Lordão, banda baiana que já participou de 27 edições. “À família Dourado, um grande abraço. Eu não sei o que mais dizer sobre o Ticomia, porque são anos e anos de compromisso”, disse Kocó, líder e um dos vocalistas da banda. 
Assim como ocorreu no ano passado, o alagoano Mano Walter realizou o show de encerramento do Ticomia, com muita energia e participação dos fãs. “Falar do Ticomia não tem preço. Primeiro, os produtores são maravilhosos, o Douradinho e a Sara, que sempre me receberam de uma forma especial. Então, quando a gente chega num ambiente que é muito bem recebido, eu mesmo fico muito feliz para desempenhar um trabalho legal, bacana. Preparei um repertório bem diversificado para o Ticomia, porque esse evento é lindo. São 32 anos! Quero parabenizar a família toda de Douradinho. Então, estou feliz. Feliz de estar aqui mais uma vez, feliz de saber que no ano que vem estarei novamente. Que venha 2020!”, declarou Mano Walter.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário