Solidário a presidente da OAB, Wagner dispara contra Bolsonaro: “monstro sem sentimento”



Solidário ao presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, o senador Jaques Wagner (PT), disparou contra o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o classificou como “monstro sem sentimento”.
“Brinca com o sentimento de um filho que não sabe o paradeiro do pai desaparecido! Maltrata a memória de uma mãe que morreu aos 105 anos sem saber o paradeiro do filho desaparecido! Este não é um cristão. É um monstro sem sentimentos”, publicou o senador em suas redes sociais em reposta a mais uma declaração polêmica do presidente.
Na manhã desta segunda-feira (29), ao criticar a atuação da OAB no caso de Adélio Bispo, autor da facada no presidente durante a campanha eleitoral em Minas, Bolsonaro disse que se “um dia se o presidente da OAB quiser saber como é que o pai dele desapareceu no período militar, eu conto para ele. Ele não vai querer ouvir a verdade. Eu conto para ele”.
“Por que a OAB impediu que a Polícia Federal entrasse no telefone de um dos caríssimos advogados? Qual a intenção da OAB? Quem é essa OAB? Um dia, se o presidente da OAB quiser saber como é que o pai dele desapareceu no período militar, conto pra ele. Ele não vai querer ouvir a verdade. Conto pra ele.” Fernando Augusto de Santa Cruz Oliveira é um dos desaparecidos políticos durante a ditadura militar (1964-1985).
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário