Morre o jornalista Paulo Henrique Amorim, aos 77 anos

O jornalista Paulo Henrique Amorim morreu de infarto fulminante, na madrugada desta quarta-feira (10/07/2019), em casa, no Rio de Janeiro. Seu último trabalho havia sido no Domingo Espetacular da RecordTV, atração que comandou por 14 anos. Carioca, teve seu primeiro emprego no jornal A Noite, da capital fluminense, em 1961.
Ao iniciar na televisão, ficou nacionalmente conhecido, principalmente durante sua passagem pela Rede Globo e pela RecordTV. Além disso, foi correspondente em Nova York da revista Realidade e, depois, da revista Veja. Amorim deixa a mulher, Geórgia Pinheiro, e uma filha.
O profissional também teve passagens pela Band, TV Cultura e pela extinta TV Manchete. Paulo Henrique Amorim era conhecido por não esconder seus posicionamentos políticos e deixa um legado para o jornalismo brasileiro.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário