‘Gestos valem mais que mil palavras’, diz Bolsonaro sobre Moro

O presidente Jair Bolsonaro fez um gesto de desagravo ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, em discurso feito na quinta feira, 13, durante um evento de comemoração dos 108 anos da Assembleia de Deus, em Belém (PA). Diante de uma plateia de fiéis e ladeado por lideranças evangélicas, Bolsonaro lembrou que acompanhou Moro em dois eventos públicos nos últimos dias e disse que “gestos valem mais que palavras”. “Tive a oportunidade de escolher o melhor time de ministros possível. Eles estão prontos para atender a todos. Um deles é Sérgio Moro, que abriu mão de 22 anos de magistratura para assumir o Ministério da Justiça. Vazaram gravações ilegais de seus companheiros. A imprensa queria que eu desse uma declaração. Mas acredito que gestos valem mais que mil palavras”, disse Bolsonaro. O presidente lembrou em seguida que foi ao estádio Mané Garrincha, em Brasília, para assistir ao lado do ministro a partida entre Flamengo e CSA, e um evento em homenagem à Batalha de Riachuelo. O ministro da Justiça passou à condição de vidraça após a divulgação, pelo site The Intercept Brasil, de supostas trocas de mensagens entre ele, quando era juiz da 13ª Vara Criminal de Curitiba, e o procurador da República, Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato. Segundo o site, nas trocas de mensgans Moro teria orientado as investigações da operação.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário