Dos 39 integrantes da bancada baiana, 26 votaram a favor do regime especial de previdência da Câmara

Câmara dos Deputados.

Dos 39 integrantes da bancada baiana, 26 votaram a favor do regime especial de previdência da Câmara Federal: o Plano de Seguridade Social dos Congressistas (PSSC). Sete deles integram o grupo de oposição, enquanto 19 a base governista liderada pelo governador Rui Costa (PT). Embora o PSSC tenha regras mais duras do que o extinto Instituto de Previdência dos Congressistas (IPC), com ele o teto máximo da aposentadoria de um deputado pode chegar a R$ 39,2 mil, o teto do funcionalismo. A nova condição é que para se aposentar por ele, são necessários 60 anos de idade. O benefício é proporcional aos anos de contribuição: a cada ano, é acrescido 1/35 do salário de parlamentar, equivalente a R$ 964.

Confira a lista dos baianos que optaram pelo regime especial:

Claudio Cajado (PP)
José Rocha (PL)
Nelson Pelegrino (PT)
Afonso Florence (PT)
Sérgio Brito (PSD)
Alice Portugal (PCdoB)
Daniel Almeida (PCdoB)
Josias Gomes (PT)
João Carlos Bacelar (PL)
Lídice da Mata (PSB)
Márcio Marinho (PRB)
Félix Mendonça Jr. (PDT)
Arthur Maia (DEM)
Valmir Assunção (PT)
Cacá Leão (PP)
Elmar Nascimento (DEM)
Mário Negromonte Jr. (PP)
Paulo Azi (DEM)
Ronaldo Carletto (PP)
Uldurico Jr. (Pros)
Otto Filho (PSD)
Leur Lomanto Jr. (DEM)
Marcelo Nilo (PSB)
Igor Kannário (DEM)
Alex Santana (PDT)
Adolfo Viana (PSDB)
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário