Turismo apresenta prioridades para expansão do setor em reunião da Abih-BA

Estratégias e ações prioritárias previstas no plano de desenvolvimento da atividade turística foram apresentadas pelo secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, a integrantes da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih-BA), durante encontro realizado na terça-feira ( 21), no Wish Hotel da Bahia. Recepcionados pelo presidente da Abih-BA, Glicério Lemos, líderes do setor, empresários e gestores discutiram o plano elaborado pela Setur para atender à capital baiana – portão de entrada para o turismo no Estado – e 13 zonas turísticas, totalizando mais de 150 destinos. Para um público constituído por profissionais que atuam principalmente em Salvador, Fausto Franco deu ênfase às ações na capital e Baía de Todos-os-Santos. As metas são as de ampliar a permanência dos turistas, viabilizar novos investimentos e o empreendedorismo, elevar a competitividade das zonas turísticas, e ampliar a participação do turismo na economia do Estado. A intensificação da promoção da Bahia em eventos nacionais e internacionais é uma das diretrizes, afirmou o secretário. O foco nos principais mercados emissores (Argentina, Colômbia, Espanha, França, Suíça, Estados Unidos, Chile, Portugal, Itália, Alemanha e Paraguai) é outra prioridade. Para tanto, a Secretaria do Turismo tem atuado de forma agressiva na ampliação da conectividade aérea. “Buscamos ampliação do número de voos regulares, bem como charters e low cost”, disse ele. Novos investimentos em infraestrutura ganharam destaque. O secretário citou aviso de licitação pública nacional para execução de obras civis na borda da Baía de Todos-os-Santos, para requalificação e ampliação da Marina da Penha, no bairro da Ribeira, publicado no Diário Oficial da Bahia do último dia 16. As obras serão executadas no âmbito do Prodetur Nacional Bahia, pela Setur. “O turismo náutico é uma das vertentes para o nosso crescimento”, resumiu. Fausto Franco relatou ainda que, em recente reunião com vereadores de Salvador obteve apoio para a proposta de concessão do Palácio Rio Branco à iniciativa privada. “Fachada totalmente preservada, assim como o Memorial dos Governadores Republicanos, com acesso ao público. É uma forma de preservação do patrimônio histórico e arquitetônico”, explicou. Ao final da apresentação, foi aberto espaço para debate, e os integrantes da Abih-BA afirmaram estar dispostos a atuar em parceria, em defesa do desenvolvimento do setor.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário