Rui reafirma posição sobre universidade, mas admite que momento é inoportuno

O governador Rui Costa recebeu alunos de escola estadual durante o programa Papo Correria.

O governador Rui Costa (PT) reafirmou na terça-feira (21), durante o programa Papo Correria, transmitido pelas redes sociais, que não tem nenhum tabu em discutir o financiamento das universidades públicas. Entretanto, o petista ressaltou que “este não é o momento apropriado para essa discussão“. “Acho que esse é um debate que podemos fazer em um outro momento. Hoje, a universidade pública sofre um ataque sem precedentes na história recente do Brasil, de um presidente devia proteger e ajudar as universidades, ajudar os jovens que querem adquirir uma profissão”. Rui ainda lembrou que os países mais desenvolvidos taxam as grandes fortunas para ajudar a financiar as universidades públicas. “Acho que é preciso discutir uma reforma tributária, uma mudança da lei, para que os ricos de nosso pais possam financiar a saúde e a educação pública”. Sobre a greve dos professores das universidades estaduais, o governador afirmou que não pode fazer mais do já foi anunciado. “Eu peço bom senso, serenidade aos professores, e peço que eles voltem às aulas. Já anunciei a restruturação da carreira, com 900 promoções, e garanti um investimento, de no mínimo, R$ 36 milhões nas quatro universidades esse ano”.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário