Neymar tem avião e helicóptero bloqueados pela Receita por sonegação


O jogado Neymar teve um avião e um helicóptero bloqueados pela Receita Federal. O órgão cobra R$ 69 milhões do jogador em processos que apontam suposta sonegação de impostos de quando ele se transferiu do Santos para o Barcelona, em 2013. O pai do atleta se reuniu com o ministro da Economia, Paulo Guedes, para tratar da questão.
De acordo com informações da Folha de S. Paulo, os bens bloqueados pela Receita podem chegar aos R$ 79,4 milhões. Segundo Marcos Neder, advogado do atleta no caso, “os bens foram arrolados como garantia do débito”. Os veículos de trânsito aéreo continuam como propriedade de Neymar, no entanto, estão “guardados” como garantia de pagamento.
O pai do jogador, Neymar da Silva Santos, esteve reunido com Paulo Guedes em 17 deste mês para prestar esclarecimentos sobre processo fiscal pendente de julgamento. O empresário também se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro (PSL) para tratar desta questão.
Em 2015, o atacante foi autuado em R$ 188 milhões sob alegação de ter deixado de declarar R$ 63,6 milhões, entre 2011 e 2013, omitindo esse montante por meio das empresas NR Sports, N&N Consultoria Esportiva e Empresarial e N&N Administração de Bens. Sobre o valor, incidem multa de 150% além de juros em impostos que a Receita considera que o atacante deveria ter pagado no período.

Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia.

0 comentários:

Postar um comentário