Jorge Jesus não acertará com o Vasco

O Vasco voltou à estaca zero na busca por um técnico. Jorge Jesus, plano A do clube, decidiu permanecer na Europa, pelo menos por enquanto, e aguardar o fim dos campeonatos do continente.
Livre no mercado depois de sair do Al Hilal, da Arábia Saudita, Jorge Jesus conversou diversas vezes por telefone com dirigentes do Vasco desde a semana passada. O Cruz-Maltino chegou a discutir valores, a possibilidade de o técnico vir ao Brasil para conhecer o clube, mas as conversas foram interrompidas.
Jorge Jesus é empresariado pelo israelense Pini Zahavi, que ajudou a levar Neymar para o PSG, da França. O agente aconselhou o treinador a esperar o fim dos campeonatos europeus, no meio do ano, acreditando que ele terá mercado em algum grande clube do continente.
Fã declarado do futebol brasileiro, o treinador português não fechou as portas para o Cruz-Maltino, mas já avisou que não vai tomar uma decisão agora. O Vasco, que depositava muitas fichas na contratação de Jorge Jesus, ainda busca um substituto para Alberto Valentim.
O trabalho mais marcante de Jorge Jesus foi pelo Benfica, de Portugal. Ele conquistou 10 títulos pela equipe: três do Campeonato Português, uma Taça de Portugal, cinco taças da Liga e uma Supertaça Cândido de Oliveira. Pelo Sporting, o treinador foi campeão da Taça da Liga e da Supertaça Cândido de Oliveira uma vez. Em seu país, foi eleito melhor técnico três vezes.
O bom histórico faz Pini Havazi e o próprio treinador acreditarem que pode pintar uma boa proposta do futebol europeu no meio do ano.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia.

0 comentários:

Postar um comentário