Banco Central bloqueia R$ 8,2 milhões de Temer e R$ 23 milhões do coronel Lima

O Banco Central (BC) informou ao juiz Marcelo Bretas o bloqueio de R$ 8,2 milhões em contas do ex-presidente Michel Temer e R$ 1 milhão do coronel João Baptista Lima, o coronel Lima, apontado como operador financeiro do ex-chefe do Palácio do Planalto. De acordo com o Globo, também foram bloqueados R$ 21,6 milhões de uma das contas bancárias da empresa PDA e R$ 452 mil da Argeplan, ambas empresas ligadas ao coronel. Temer e Lima foram presos preventivamente na última semana, na Operação Descontaminação, e soltos após o Tribunal Federal Regional da 2ª Região (TRF-2) conceder habeas corpus a oito alvos da investigação na segunda-feira (25). Responsável por determinar as prisões, Bretas havia determinado o bloqueio de até R$ 62 milhões nas contas de Temer e do suposto operador, para ressarcir danos causados pelos possíveis crimes. No caso do ex-presidente, foram localizadas pelo Banco Central cinco contas vinculadas ao seu CPF. Somente uma delas acumulava R$ 8.234.231,17. Também foram retidos R$ 4.905,31 e R$ 799,08 em outras duas contas. As contas restantes estavam zeradas.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia.