Fiscalização detecta carnes vencidas e alimentos mal armazenados em escolas municipais de Itabuna

Na última quarta-feira (06), o Conselho de Alimentação Escolar de Itabuna, no sul da Bahia, após vistoria realizada nas unidades escolares, detectou diversas irregularidades em duas escolas da rede municipal de ensino: o Grupo Escolar Raimundo Jerônimo Machado, no bairro Nova Itabuna e a Escola Municipal Maria Creuza Pereira da Silva, no bairro Urbis 4. O relatório das visitas foi divulgado no dia seguinte. Dentre os problemas identificados, merenda vencida, sobras de alimentos mal armazenadas e descumprimento do cardápio proposto. 
A unidade do bairro Nova Itabuna, o Grupo Escolar Raimundo Jerônimo Machado tem cerca de 200 crianças, entre 4 e 12 anos. Durante a vistoria no local, foram encontrados 10kg de contrafilé vencidos desde o dia 27 de janeiro, ou seja, dez dias antes da visita dos integrantes do Conselho. Além disso, uma grande quantidade de sobra de arroz. 
No bairro Urbis IV, na Escola Municipal Maria Creuza Pereira da Silva, foram encontrados 10kg de linguiça calabresa defumada vencidos desde 26 de janeiro, portanto, 11 dias antes da fiscalização. Outro problema constatado foi a falta de botijão de gás pra cozinhar a merenda. Segundo o relatório, a escola estaria sem cozinhar para os alunos desde o dia 15 de janeiro.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia.