Obra do Mercado de Carnes da Feira Livre em Ibicaraí entra na fase de cobertura e acabament

A obra de reforma e revitalização da Feira Livre de Ibicaraí está em ritmo acelerado. Com valor total de R$ 1.497.000,00 (um milhão e quatrocentos e noventa e sete mil reais), a reforma foi dividida em três etapas para não atrapalhar o funcionamento do local e dos feirantes. A primeira etapa, que teve início em meados de julho de 2018 pelo Mercado de Carnes, encontra-se em fase de acabamento de reboco e da parte de ferro da cobertura do novo telhado, que compõe parte em zinco e a área central em policarbonato.
Até o momento o local foi todo reconstruído com 20 novos modernos boxes, com corredores laterais para os açougueiros, área privativa para as câmaras frigoríficas e espaço central para o consumidor, além de área de escritório para a administração do local. De acordo com o mestre de obra Antônio José, da Grand Prix Construtora e responsável pela obra, essa semana eles vão concluir a parte de ferragem do telhado, além da aplicação da área central em policarbonato.
“No início da próxima semana começaremos as partes elétrica, hidráulica, pintura, além do piso e revestimento cerâmico das paredes. Estamos trabalhando com nove pessoas e a ideia é ter mais três ou quatros profissionais de acabamento, para concluir essa primeira etapa (Mercado de Carnes) em no máximo setenta dias”, disse o mestre de obra Antônio José.
O prefeito de Ibicaraí, Lula Brandão, lembra que a reforma e requalificação da Feira e do Mercado de Carnes foi um convênio firmado com a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR-BA) graças ao Deputado Federal Josias Gomes. “É importante lembrar que apenas seis cidades na Bahia ganharam uma reforma como essa e Ibicaraí foi uma das cidades contempladas. O Mercado de Carnes entrou na fase final e com fé em Deus em breve partiremos para a segunda etapa dessa obra tão importante para a população”, disse Brandão.

Assessoria de Comunicação – Ibicaraí
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário