Novo assessor de Bolsonaro atuou em página de ódio na pré-campanha

Conhecido por comandar a página “Bolsonaro Opressor 2.0″ e ex-assessor do vereador Carlos Bolsonaro na Câmara do Rio, Tercio Arnaud Tomaz foi nomeado para o gabinete pessoal da Presidência da República, informa O Globo. Até esta sexta-feira (4), Tomaz ocupava um cargo comissionado no gabinete de Carlos Bolsonaro, onde estava lotado desde dezembro de 2017. No entanto, segundo o jornal, recebia salário da Câmara sem trabalhar realmente no Legislativo da capital fluminense. Agora, o assessor ocupará um cargo comissionado DAS 102.5, que tem remuneração de R$ 13,03 mil. Durante a campanha de Jair Bolsonaro à Presidência, sua real ocupação era a produção de conteúdo digital, filmando e fotografando o então candidato em momentos de descontração e intervalos de sua agenda. Criada em junho de 2015 e com mais de um milhão de seguidores no Facebook, a página “Bolsonaro Opressor 2.0” promovia o político durante a campanha com memes agressivos contra seus adversários. Em março do ano passado, o perfil fez críticas pesadas à vereadora Marielle Franco (PSOL) um dia depois do seu assassinato. Em um post sobre uma matéria que anunciava a intenção da irmã de Marielle de se lançar na política, a legenda dizia: “Do jeito que tá indo, vão empalhar o cadáver e levar em comício”.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário