Moro: Brasil não será ‘porto seguro’ para o crime

O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou na quarta-feira (2) que o Brasil não será “porto seguro” para criminosos, durante cerimônia de transmissão de cargo. “Não deve haver portos seguros para criminosos e para o produto de seus crimes. O Brasil não será um porto seguro para criminosos e jamais, novamente, negará cooperação a quem solicitar por motivos político-partidários”, declarou o ex-juiz da Operação Lava Jato. Moro disse ainda que a corrupção atinge principalmente “os mais vulneráveis”. “O brasileiro, seja qual for sua renda, e lembremos que o desvio de recursos públicos atinge mais fortemente os mais vulneráveis, tem o direito de viver sem medo da violência e sem medo de ser vítima de um crime pelo menos nos níveis epidêmicos atualmente existentes”, afirmou. Com informações do G1.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário