Índio e quilombola são explorados e manipulados por ONGs, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) usou seu perfil no Twitter para falar novamente sobre indígenas e quilombolas, com críticas às instituições não governamentais que atuam na área. "Mais de 15% do território nacional é demarcado como terra indígena e quilombolas. Menos de um milhão de pessoas vivem nestes lugares isolados do Brasil de verdade, exploradas e manipuladas por ONGs", disse. Em um de seus primeiros atos como presidente, Bolsonaro esvaziou a Funai (Fundação Nacional do Índio) ao destinar ao Ministério da Agricultura uma das principais atividades executadas pelo órgão indigenista nos últimos 30 anos: a identificação, delimitação e demarcação de terras indígenas no país. 
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário