.

.
Consultoria em Gestão Pública

SIGA NO TWITTER

Município

[Ibicaraí e Região][twocolumns]

Municípios

[Municípios][bleft]

Governo reitera dedicação exclusiva de diretores escolares

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Relações Institucionais (Serin), reiterou que será exigido aos diretores de escolas a dedicação exclusiva. A APLB-Sindicato, no entanto, havia divulgado um acordo em que os profissionais deveriam comprovar a compatibilidade de funções. De acordo com a Serin, permanece o que foi divulgado pelo próprio governador, Rui Costa, em entrevista a rádios mais cedo. “Eu implementei mudanças como a valorização do diretor e do vice-diretor, nós aumentamos bastante a gratificação dos diretores e vice-diretores, para fortalecer o envolvimento. Ao mesmo tempo que aumentei a gratificação, estou exigindo o envolvimento desses diretores e desses vices”, afirmou o governador. Conforme o governo, os diretores que tiverem duplo vínculo terão que se desligar da direção. Já a APLB sustenta que foi negociada a possibilidade de comprovação sobre a compatibilidade de quem tenha mais de um cargo. “Na reunião na Serin, foi dito que todo diretor que tenha dois cargos, que provar compatibilidade de horário desse cargo, fica. Vai ter outra reunião quarta-feira, às 9h. Foi dito pela secretária, Cibele, que todos os diretores que acumulam dois cargos, que provarem compatibilidade, fica no cargo. Foi isso que ela disse”, declarou o coordenador da APLB-Sindicato, Rui Oliveira. Ele disse que ouviu a declaração da secretária, Cibele Carvalho, acompanhado com uma comissão de cinco pessoas. No entanto, a Serin contesta. “A APLB está dizendo compatibilidade, mas a lei exige exclusividade”, afirma Cibele Carvalho. “Se disse que não é, aí (o diretor) vai entregar o cargo e acabou. Mas foi dito isso. Se voltarem atrás do que disseram a gente vai saber na terça-feira (15), na nova plenária de diretores e vices no auditório da APLB”, rebateu Rui Oliveira Conforme o governo, em relação ao total, quase mil diretores que exercem suas funções satisfatoriamente, de acordo com a carga horária que o cargo exige. Irão sair mais de 200 que não cumprem sua jornada de trabalho devido a outros vínculos e quem comprovar exclusividade permanece no cargo. (Bahia.Ba)
Poste um Comentário
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :


Geral

[Geral][twocolumns]

.

.

Esporte

[Esporte][bleft]

Eventos

[Eventos][twocolumns]

Jurídicas

[Jurídicas][bleft]