Itapetinga: matou o pai que não queria assumir paternidade

Gabriel de Souza Lima, 22 anos, foi preso na quinta feira (08), acusado do homicídio do pai dele, Edetor Pires Vieira (Índio), 74 anos, em Itapetinga. O crime ocorreu em 2 de dezembro de 2017 na residência da vítima, no bairro Clodoaldo Costa. 
A motivação é que Edetor não queria assumir a paternidade do homicida, que o matou a facadas. Edetor era muito querido na rua Lindiomar Santana, onde residia há muitos anos. O crime, na época, causou uma grande repercussão e ecomoção em Itapetinga.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário