'Desrespeito é deixar crianças sem merenda', diz Bolsonaro a Alckmin

O candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, revidou o ataque do concorrente Geraldo Alckmin (PSDB) ao afirmar via Twitter que desrespeitoso com os pobres é "deixar as crianças sem merenda nas escolas", em relação às suspeitas de fraude na compra de alimentos para escolas por políticos tucanos. A troca de ofensas entre os candidatos teve início na tarde desta sexta-feira, 21, após o presidenciável do PSL classificar, em entrevista à Folha de S.Paulo, como "covardia" os ataques que a campanha de Alckmin faz contra ele em propagandas de rádio e TV. Pelo Twitter, no início da noite de sábado, Alckmin afirmou que "covardia é desrespeitar mulheres, negros e pobres". O ataque a Bolsonaro faz parte da estratégia tucana para desconstruir o candidato, faltando duas semanas para o primeiro turno. O militar lidera as intenções de voto, seguido do candidato petista, Fernando Haddad. Alckmin vem em quarto lugar. Com informações do Estadão Conteúdo.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia.