Justiça revoga efeito suspensivo de Guerrero e atacante fica de fora da temporada

A Justiça da Suíça anunciou ontem (23) a revogação do efeito suspensivo superprovisório concedido a favor do atacante peruano Paolo Guerrero em maio deste ano. Com a decisão, o atleta do Internacional fica impedido de atuar neste ano. O atleta ainda tem mais oito meses de pena para cumprir por conta de um exame que identificou o metabólito da cocaína no organismo. O atacante vinha atuando graças a um recurso concedido pela Justiça Federal da Suíça, que deu uma liminar antes da Copa do Mundo da Rússia e permitiu a presença do jogador no torneio.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário