Pelo menos metade da bancada do PR estaria com Bolsonaro; partido na BA nega

O Partido Progresista (PR) ainda não bateu o martelo sobre o apoio ao pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL), mas cerca de metade da bancada de 41 parlamentares da sigla estaria “vendo com bons olhos” a aliança. De acordo com a Coluna Expresso, a motivação dos progressistas seria o bom desempenho do presidenciável nas pesquisas eleitorais. Bolsonaro atualmente namora com o senador Magno Malta (PR) para a sua vice. No entrave da coligação, o pré-candidato ao Planalto teria condicionado a aliança com o partido, caso o PR na Bahia revogue o apoio ao governador petista Rui Costa. O presidente da estadual baiana, José Carlos Araújo (PR), disse ao Bahia Notícias que não acredita em determinação nacional do partido para revogar aliança com o PT, a pedido de Bolsonaro. Deputado baiano articulador do grupo político, José Rocha (PR) minimizou o tamanho da bancada que apoia o nome do PSL. Segundo o parlamentar apenas 9 nomes do PR apoiam a união. “O compromisso com o PSL vem de Magno Malta, mas o senador não está muito interessado na vice. Ele não deseja abdicar de uma reeleição praticamente ganha”, explicou.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário