IPTU 2018: VOCÊ PAGA E A CIDADE CRESCE!

IPTU 2018: VOCÊ PAGA E A CIDADE CRESCE!

SIGA NO TWITTER

Município

[Ibicaraí e Região][twocolumns]

Municípios

[Municípios][bleft]

Atualizada: Assassinos arrombaram a porta da frente e executaram friamente casal em Barro Preto

As vítimas foram identificadas. Rosimere e o companheiro Sílvio, juntos há pouco mais de dois meses, não tinham passagens pela polícia.
Um crime brutal, que vitimou um casal na madrugada de segunda-feira (16), ainda repercute na pequena Barro Preto, cidade com menos de 10 mil habitantes, há cerca de 30 quilômetros de Itabuna. 
Os moradores da Rua Antônio Saturnino, no bairro Pelourinho, estão muito assustados. Eles são vizinhos de Rosimere Santos de Souza, de 34 anos, executada com seis tiros, juntamente com o companheiro Sílvio Lima de Jesus, de 35 anos. Os dois foram mortos dentro de casa. 
O corpo de Rosimere foi encontrado na sala. Já Silvio, estava caído sentado no chão do quarto. Ambos estavam nus e, segundo o perito Paulo Libório, do Departamento de Polícia Técnica de Itabuna, foram pegos de surpresa pelos assassinos. Prova disso é que a porta da sala foi arrombada pelos criminosos.
De acordo com Libório, Rosimere apresentava cinco perfurações nas costas, provocadas, possivelmente, por disparos de pistola. Na região da cabeça, mais um tiro de espingarda calibre 12. O rosto da mulher ficou completamente desfigurado. “Houve perda, inclusive, de grande quantidade de massa encefálica”, observou o perito. O companheiro de Rosimere foi atingido nas costas e tórax com quatro tiros. 
Os vizinhos relataram que acordaram em pânico com o barulho dos disparos, mas não sabiam do que se tratava. Só descobriram que havia sido um duplo homicídio com a chegada da Polícia Militar. Os moradores informaram que Rosimere era mais conhecida como “Dona Sexta-feira” e que ela estava morando com Sílvio há pouco mais de dois meses.
As vítimas não tinham passagens pela polícia. No entanto, um dos filhos de Rosimere, menor de idade, já havia sido preso em Vitória da Conquista. Segundo a polícia, a mulher chegou a contribuir com algumas investigações. 
O desafio dos investigadores, agora, é descobrir quem invadiu a residência e matou, tão covardemente, o casal, e, sobretudo, o que teria motivado tamanha violência.
Poste um Comentário
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :


Geral

[Geral][twocolumns]

.

.

Esporte

[Esporte][bleft]

Eventos

[Eventos][twocolumns]

Jurídicas

[Jurídicas][bleft]