Ilhéus: Acusado de matar casal colombiano confessa o crime e se entrega

Magno Rodrigues se entregou na manhã de quarta-feira (06) na sede da 7ª Coorpin em Ilhéus, acompanhado por um advogado. Ele é acusado do duplo homicídio do casal colombiano Andres Aluan Rey e Diana Paola Zuluaga.
O Blog Agravo entrou em contato com a delegada Andrea Oliveira, que comanda as investigações, a informação procede. Segundo ela, Magno confessou o crime e afirmou que o colombiano estava com uma arma e teria apontado para ele. E que um de seus comparsas, de prenome Cosme, teria atirado na vítima para se defender e depois teria atirado em Diana. Magno foi levado para o Conjunto Penal de Itabuna por estar, segundo ele, sofrendo ameaças de morte. O meliante Cosme continua foragido e teve a prisão preventiva decretada.
O crime aconteceu no dia 18 de maio e teve grande repercussão na região. O casal foi executado e enterrado no cemitério do distrito de Aritaguá, às margens da BA 001, Rodovia Ilhéus-Itacaré. Segundo informações policiais, uma guarnição da Polícia Militar depois de denúncia anônima, chegou ao local e encontrou alguns indivíduos em um carro branco, enterrando as vítimas em uma cova rasa. Ao avistar a Polícia, os meliantes conseguiram fugir no meio do mato.
A moto CG vermelha placa OKR 1186 que pertencia ao casal foi encontrada pela Polícia Civil dentro do Lava-jato Lavacar Gold, na Av. Ubaitaba, nas proximidades da Central de Abastecimento do Malhado, zona norte de Ilhéus, que é de propriedade de Magno Rodrigues. Inf: Agravo
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia.

0 comentários:

Postar um comentário