IPTU 2018: VOCÊ PAGA E A CIDADE CRESCE!

IPTU 2018: VOCÊ PAGA E A CIDADE CRESCE!

SIGA NO TWITTER

Município

[Ibicaraí e Região][twocolumns]

Municípios

[Municípios][bleft]

Flamengo e Vasco empatam em clássico sem brilho e com 4 expulsos


Em momentos opostos na temporada, Flamengo e Vasco fizeram um clássico sem brilho, com quatro jogadores expulsos e sem vencedor. Na noite de sábado (19), empataram em 1 a 1 no Maracanã, em jogo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.
Vinicius Junior abriu o placar para os rubro-negros no começo da primeira etapa e Wagner, pouco tempo depois, empatou a partida que foi vista por cerca de 35 mil torcedores no Maracanã, a grande maioria flamenguista.
O futebol foi deixado de lado nos últimos minutos da partida. Uma confusão que começou com um empurrão de Riascos em Everton Ribeiro rendeu quatro cartões vermelhos, dois para cada lado. Riascos foi expulso pelo empurrão, e Breno, Cuellar e Rhodolfo, pela briga.
Com o empate, ambos chegaram à segunda partida sem vitória. O Flamengo, agora com 11 pontos, perdeu a liderança para o Atlético-MG, que venceu o Cruzeiro no clássico mineiro mais cedo, e agora ocupa a segunda posição. O Vasco, que tem um jogo a menos, soma oito pontos.
Empolgado pela classificação às oitavas de final da Copa Libertadores, assegurada antecipadamente na quarta-feira, o Flamengo começou o jogo melhor. Tinha mais a bola e, diante da proposta do Vasco de se defender e sair nos contra-ataques, foi superior nos primeiros minutos.
A equipe chegou ao gol cedo, com Vinicius Junior, aos 13 minutos. O jovem atacante aproveitou rebote de Martín Silva dentro da área após chute de Everton Ribeiro e abriu o placar. Foi o primeiro gol da promessa no Maracanã e o quarto dele na competição, o que o coloca como vice-artilheiro junto de Rodriguinho, do Corinthians. Róger Guedes encabeça a artilharia, com cinco gols.
Mas a desvantagem do Vasco durou pouco. O time do técnico Zé Ricardo empatou a partida cinco minutos depois, com Wagner, que completou de cabeça cobrança de escanteio na direção da segunda trave. O gol vascaíno quebrou uma invencibilidade de mais de 600 minutos de Diego Alves na meta do Flamengo.
Na etapa final, o jogo, que já não era brilhante, perdeu o pouco de emoção que tinha, tanto que o lance que mais chamou a atenção foi um gol invalidado de Henrique Dourado. O centroavante marcou após passe de Vinicius Junior e perdeu um tempo considerável comemorando com a torcida sem se dar conta de que o auxiliar havia assinalado o impedimento e invalidado o gol.
O futebol apático em campo foi deixado de lado nos minutos finais, quando os jogadores protagonizaram uma confusão que começou após um empurrão de Riascos em Everton Ribeiro. Após alguns minutos em discussão com os auxiliares, o árbitro, que havia exibido o amarelo para Riascos, voltou atrás e expulsou o vascaíno e também mostrou o vermelho para Breno, Rhodolfo, e Cuellar.
Após o clássico, os rivais voltam a campo no meio de semana pela Libertadores. Na terça-feira, o já eliminado Vasco vai visitar a Universidad de Chile. No dia seguinte, o Flamengo atuará fora de casa contra o River Plate.
Poste um Comentário
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :


Geral

[Geral][twocolumns]

.

.

Esporte

[Esporte][bleft]

Eventos

[Eventos][twocolumns]

Jurídicas

[Jurídicas][bleft]