Dilma critica mensagem de dois anos do governo Temer: ‘governo golpista’

Dilma lembrou ainda as afirmações dos presidentes Castelo Branco e Costa e Silva após o golpe de 1964. Segundo ela, citando o Pasquim, teriam dito, um completando o outro: “antes de mim o Brasil estava à beira do abismo”, disse o primeiro. “Comigo, o Brasil deu um passo a frente, acrescentou o segundo”. Dilma mencionou uma passagem do 18 Brumário de Luís Bonaparte. “A história se repete, a primeira vez como tragédia, a segunda como farsa”. 
Tivemos na semana que passou um exemplo tupiniquim que se enquadra no enunciado de (Karl) Marx”, acrescentou. Após o próprio Planalto ter considerado a mensagem um “desastre”, ontem, Temer recebeu o publicitário Elsinho Mouco, marqueteiro que o auxilia na comunicação. Os dois conversaram no escritório do presidente, na capital paulista.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia.