Acusado de estuprar e matar criança é condenado a quase 40 anos de prisão

O homem acusado de estuprar, matar e arrancar o órgão genital de um menino de seis anos, no bairro Pernambués, em Salvador, no ano de 2014,foi condenado a 39 anos e nove meses de prisão, em júri popular realizado na segunda-feira (21), segundo informou o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). O julgamento foi realizado no Fórum Ruy Barbosa, na capital. 
De acordo com o Ministério Público do Estado (MP-BA), autor da denúncia contra Pedro Damião Cruz Sena, o crime aconteceu em 14 de julho de 2014. O acusado foi achado pela polícia cerca de nove dias depois, em Itabuna, cidade do sul da Bahia, e desde então respondia ao processo preso. Os promotores de Justiça Davi Gallo e Cássio Marcelo de Melo atuaram na acusação. (G1)
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário