Lula diz que não é cachorro para andar com tornozeleira

A possibilidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ser beneficiado com prisão domiciliar passou a circular na imprensa e nos meios jurídicos, mas não agrada o petista. De acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, Lula afirmou que 'não é cachorro para andar com tornozeleira. O ex-presidente Lula reagiu mal à ideia e reafirmou que, se tiver que ir preso, que isso ocorra sem disfarces. 
Na noite de quinta-feira (5), o juiz federal Sergio Moro expediu a ordem de prisão contra Lula no caso do tríplex no Guarujá. A pena definida é de 12 anos e 1 mês de prisão, com início em regime fechado. O petista tem até às 17h de sexta-feira (06) para se entregar. No entanto, o ex-presidente cogita não se entregar à Polícia Federal nesta sexta-feira (6) e quer "resistência pacífica" em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, no ABC paulista.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário