Mãe e padrasto matam criança com socos e chutes após se irritarem com choro

A Polícia Civil de Goiás informou que foi preso um casal suspeito de espancar um garoto de 2 anos até a morte em Santo Antônio do Descoberto, no Entorno do Distrito Federal, em Goiás, na segunda-feira (5). Segundo a assessoria de imprensa da corporação, a mulher, de 21 anos, e o companheiro, de 23 - respectivamente mãe e padrasto da vítima - afirmaram que acertaram o menino com socos, chutes e pisões porque se irritaram pelo fato dele estar chorando.
O delegado Pablo Santos Batista, responsável pelo investigação, disse que não falará sobre o caso. Já a assessoria de comunicação da Polícia Civil não soube informar se eles já têm defensor. Segundo o G1, após o espancamento, no domingo (4), o pai do rapaz esteve no imóvel e percebeu que a criança estava "imóvel e sem qualquer sinal de temperatura corporal". Diante disso, a mãe o levou ao hospital. No entanto, o garoto já chegou sem vida ao hospital.
Segundo a Polícia Civil, ao constatar a morte, o médico notou sinais de violência e acionou a PM. Ao questionar a mãe, ela disse que o companheiro é quem teria cometido o crime. O casal foi autuado por homicídio qualificado por motivo torpe. Eles estão recolhidos na Unidade Prisional de Santo Antônio do Descoberto.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia.