23/06/18 - Programação do Ticomia 2018 - Ibicuí - BA

23/06/18 - Programação do Ticomia 2018 - Ibicuí - BA

Brega Light 2018 – Programação São João Ibicuí - Confira Mais

SIGA NO TWITTER

Município

[Ibicaraí e Região][twocolumns]

Municípios

[Municípios][bleft]

A POLÍTICA AFASTOU OS HOMENS DE BEM

Por: Maria Reis Gonçalves. 
Para que haja uma nova geração de políticos que venham modificar a atual combalida maneira de se fazer política, é necessário erradica de uma vez por toda o abuso do poder econômico e a corrupção como forma de governar. Os políticos atuais, principalmente os governantes, tem confirmado para o povo o quanto estão dissociado dos interesses coletivos e do compromisso firmado antes de se elegerem. A maioria dos parlamentares negociam votos nos parlamentos em troca de favores e até mesmo de dinheiro, uma clara corrupção em beneficio próprio. Costumamos ouvir uma análise simplistas saída da boca de muita gente, que os políticos agem dessa maneira por serem apenas o reflexo do nosso povo. Que sendo representante do povo, tendem a agirem como se fossem esse povo. Claro que esse discurso é uma maneira que eles usam para nos fazer aceitar a corrupção, a falta de interesse público, os acertos e até mesmo a imoralidade, falando que somos todos culpados, e os políticos meros representantes. Muitos que pensam assim, ficam a dizer que queremos "levar vantagem em tudo", que o povo é muito esperto, nos colocando como um povo totalmente corrupto e sem caráter. E todos nós, vivemos a repetir nas redes sociais o mantra que eles criaram para se defenderem, colocando defeito no eleitor, nos que não sabem escolher seus representantes, os que não sabem votar, nos que não tem condições de se manifestarem contra tanto desmandos. 
A história do nosso país nos mostra o quanto é grande a esperteza dos nossos políticos, que se habituaram a levar vantagem em tudo, algo bem maior do que toda esperteza do nosso sofrido povo. Claro que não estou desculpando ninguém, pois estamos sempre vendo algum pessoa a tentar levar vantagem em cima do outro, no entanto, podemos dizer que isso é algo que vem, até mesmo, nas literatura de grandes escritores, pois, observamos nos servos descritos pelo grande Shakespeare, nos vilões do Decameron de Boccaccio, o nosso eterno João Grilo do saudoso Suassuna e nas figura popular e enigmática do Pedro Malasartes, oriundo da literatura portuguesa. O que costumamos chamar de esperteza e querer levar vantagem em tudo, não passa de, historicamente falando, a maneira que os menos favorecidos encontraram para sobreviverem à toda essa exclusão que estão submetidos. Em um mundo onde só recebem as sobras! E podemos observar, que nem mesmo a sobra, chega a todos! A história do nosso país, vem cheio de casos que nos mostra o Brasil Colonial onde os nobres tinham privilégios e os pobres tinham as sobras, os privilégios dos portugueses, dos abastados em prejuízo para os pobres. Um sistema excludente que sobrevive até hoje, mesmo com a mudança do regime político, a mudança do tempo e das classes sociais. Um sistema perverso que mantêm de fora a maioria do povo brasileiro em nossos dias. Enquanto os políticos, continuam usufruindo das benesses que o poder lhes oferece. 
Hoje, assim como no passado essa situação encontra-se acentuada. Está faltando os referenciais do que é bom, da moralidade, da honestidade, do que é correto e com isso a classe política torna-se gananciosa em ter sucesso pessoal através das facilidades, pois querem vencer na vida e para eles, vencer é ter muito dinheiro, mesmo que para isso tire tudo o que devia pertencer a coletividade, dinheiro que seriam destinados às escolas, aos hospitais, as moradias, ao saneamento etc. Estamos em um país onde se pode roubar o dinheiro destinado ao povo, mas não uma lata de leite Ninho, para alimentar um filho. A investigação do lava jato nos mostra todos os dias, escancara a vida dos políticos corruptos, mostrando as negociatas na calada da noite ou mesmo em dias claros, onde o próprio Palácio Oficial, vira balcão de negociatas escusas, as Câmaras, onde as trocas de favores por apoios, afastam as denuncias de corrupção. Já não existe nada encoberto em nossa política, pois, os "podres" e os vícios, mostram a conduta degenerada de toda classe política atual. Tudo evoluiu para melhor, menos os políticos que continua professando a máxima de "levar vantagem em tudo. Para não ser radical, devo falar que poucos salvam-se dessa triste história. Ouvimos as pessoas falando que não existe um nome que nos inspire confiança, um líder ético e de conduta ilibada. Que estamos sem opções! 
No passado, tivemos grandes nomes, como Tancredo Neves, Teotônio Vilela, Leonel Brizola, Ulysses Guimarães, no entanto, hoje, quando deveríamos ter evoluído politicamente, percebemos a regressão total e incomensurável, pois, nem a sombra de um estadista como nos velhos tempos, podemos vislumbrar. Isso só está acontecendo, pelo fato de que a política afastou os homens de bem, os homens honestos, os de caráter e boa vontade. Eles não desejam se misturar a partidos que se tornaram maquinas dominadas por interesses em poder e ganho pessoal. A cada eleição um espetáculo produzido pelas equipes de marketing, e a mentira ocupa o papel principal, e o grande empresário determina quem será eleito ou não. Com essas práticas, o homem de bem não encontra espaço para discutir os interesses da coletividade pois, só cabe os interesses particulares dos poderosos e estrelas da política. E esses políticos corruptos disputam o nosso país, já moribundo, como abutres disputam a carcaça em meio a quem fica com o maior pedaço. Precisamos lutar para não sermos taxados de culpados. Precisamos eleger homens honestos e tirar de vez todos os que estão envolvidos nessa corrupção, precisamos de homens republicanos e democratas, que tenha o senso de dever cívico, que não tolerem o crime em nenhum aspecto, que possua ética e saibam tratar o dinheiro público com lisura. Precisamos de homens de bem dirigindo o destino do nosso Brasil.
Poste um Comentário
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :


Geral

[Geral][twocolumns]

.

.

Esporte

[Esporte][bleft]

Eventos

[Eventos][twocolumns]

Jurídicas

[Jurídicas][bleft]