IPTU 2018: VOCÊ PAGA E A CIDADE CRESCE!

IPTU 2018: VOCÊ PAGA E A CIDADE CRESCE!

SIGA NO TWITTER

Município

[Ibicaraí e Região][twocolumns]

Municípios

[Municípios][bleft]

Polícia identifica autores de morte de sargento da PM

Envolvidos no confronto que resultou na morte do sargento PM Françual Manoel dos Santos, ocorrida na madrugada do último sábado (2), outros três criminosos foram identificados pelas polícias Militar e Civil. Bruno Conceição da Souza, 20 anos, conhecido como Sherek, Pedro Vinícius dos Santos, 22, de apelido Bochecha, e Vilson Sacramento Oliveira, 23, integram a quadrilha. 
Na noite de sábado, um novo confronto, desta vez envolvendo policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado/ Mata Atlântica e o 8ª Batalhão da PM (Porto Seguro), resultou na morte de Vilson. Bruno e Pedro continuam sendo procurados. De acordo o comandante da Cipe/Mata Atlântica, major Ronivaldo Pontes, uma denúncia anônima levou os policiais ao imóvel onde Vilson se escondia, no distrito de Pindorama, em Porto Seguro.
“A divulgação das imagens na região e a participação popular com denúncias foram fundamentais para chegarmos à localização de Vilson, que, mais uma vez, tentou contra a vida dos policiais” , contou o major. Ainda segundo ele, após o confronto, um revólver calibre 32 com três cartuchos deflagrados e outros três intactos foram apreendidos e apresentados na Delegacia de Porto Seguro.
À frente das investigações da morte do sargento, o titular da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior, delegado Moisés Damasceno, mantém as equipes investigativas na busca pelos envolvidos desde o crime. “Estamos com diligências ininterruptas na busca por esses criminosos, que costumam atuar não só em Eunápolis, mas também são vistos em Porto Seguro e Belmonte”, afirmou. 
Qualquer informação sobre a localização dos foragidos deve ser enviada às polícias através do Disque-Denúncia (71 3235-0000 para ligações de Salvador e 181 no interior) ou via Centro Integrado de Comunicações (190).

Morte de policial 

O sargento integrava uma guarnição da 7ª Companhia Independente da PM, onde era lotado, e durante abordagem a um veículo suspeito na Rua Lua Nova, em Eunápolis, quatro homens reagiram a ação policial e houve troca de tiros. No confronto, o PM foi atingido e não resistiu aos ferimentos. Carlos Andrade de Jesus Chagas, que fazia parte da quadrilha junto com Vilson, Bruno e Pedro, também morreu.
Poste um Comentário
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :


Geral

[Geral][twocolumns]

.

.

Esporte

[Esporte][bleft]

Eventos

[Eventos][twocolumns]

Jurídicas

[Jurídicas][bleft]