Município

[Ibicaraí e Região][twocolumns]

Municípios

[Municípios][bleft]

Netos de Edir Macedo negam adoção ilegal; Universal é investigada

A Igreja Universal do Reino de Deus é alvo de uma investigação do Ministério Público de Portugal. O Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP), situado em Lisboa, apura, desde a semana passada, a ligação da instituição com uma rede internacional de tráfico de crianças. "Existe um inquérito relacionado com essa matéria, tendo o mesmo sido remetido ao DIAP para investigação", confirmou a Procuradoria-Geral da República em resposta à agência Lusa. Fundada no Brasil, em 1977, pelo bispo Edir Macedo e com templo em Portugal desde 1989, a Universal é acusada, conforme matéria exibida na segunda-feira (11), pela rede portuguesa TVI, de raptar e agenciar para adoção ilegal crianças portuguesas. O esquema era feito por meio de um lar mantido em Lisboa. Netos de Macedo, Vera de Andrade e Louis Carlos de Andrade teriam sido adotados, inclusive, por meio desta "rede". Eles são filhos adotivos de Viviane Freitas. 
A Universal negou, em comunicado, as acusações. Vera e Louis aparecem, inclusive, em vídeo lançado no canal oficial da igreja no YouTube. "A TVI está dizendo coisas a nosso respeito que não são verdadeiras. Estão dizendo que fomos raptados pela cúpula da Igreja Universal. Nós não fomos raptados, fomos adotados de forma legal por uma família americana e vivemos até os nossos 20 anos com esta família nos Estados Unidos", disse Louis Carlos. "Queremos dizer à TVI que não é justo, de forma nenhuma, o que eles estão fazendo conosco. E queremos o direito de resposta", pede Louis, no vídeo. A Igreja Universal tem hoje nove milhões de fiéis, espalhados por 182 países, 320 bispos e cerca de 14 mil pastores.
Poste um Comentário
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

No comments :


Geral

[Geral][twocolumns]

.

.

Esporte

[Esporte][bleft]

Eventos

[Eventos][twocolumns]

Jurídicas

[Jurídicas][bleft]