Ibicaraí e Região

[Ibicaraí e Região][twocolumns]

Bastidores da Política

[Bastidores da Política][bleft]

Na réplica, Daniel Keller afirma que advogado de defesa quer "vitimizar Kátia Vargas"

Durante a réplica da acusação, o advogado Daniel Keller começou afirmando que o advogado Jose Luís de Oliveira Lima, da defesa, usou a oratória e empatia pra se "ter a confiança" do júri, "vitimizar Kátia Vargas" sem mostrar provas. O julgamento, que acontece no Fórum Ruy Barbosa, em Salvador, recomeçou na tarde desta quarta-feira (6) com a sustentação oral da defesa. "Não confunda o tom da minha voz e o que eu falo com mentiras", disse Keller para o advogado de defesa, que criticou a forma incisiva com que a acusação se manifestou durante uma hora e meia. Keller ainda afirmou que a defesa já não nega que a manobra da médica tenha causado a morte das vítimas. "A defesa confessa que a manobra praticada por Kátia deu causa a morte de Emanuel e Emanuelle, independente ou não de ter havido toque, deu causa a morte dos meninos. 
A defesa disse isso aqui. Eles não estão negando mais, como negavam antes. Ou seja, ela é autora de um duplo homicídio", disse Daniel Keller se referindo a declaração de um dos advogados da defesa, que afirmou que ela poderia ser condenada por crime culposo, mas não doloso. Já o promotor Luciano Assis, ainda durante a réplica de acusação, criticou duramente o fato de a defesa afirmar que o caso Kátia Vargas não passa de acidente de trânsito: "A defesa quer crime de trânsito de dois a quatro anos pra serem convertidos em prestação de serviços a comunidade. Quanto vale a vida de Emanuell e Emanuelle, dois anos? É isso que a defesa quer".
Poste um Comentário
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

No comments :


Geral

[Geral][twocolumns]

.

.

Esporte

[Esporte][bleft]

Eventos

[Eventos][twocolumns]

Jurídicas

[Jurídicas][bleft]