Ibicaraí e Região

[Ibicaraí e Região][twocolumns]

Bastidores da Política

[Bastidores da Política][bleft]

Sem Neymar, PSG goleia Angers por 5 a 0

O Paris Saint-Germain voltou a mostrar que é forte mesmo sem Neymar. Em dia inspirado, o time parisiense passou por cima do Angers, no Raymond-Kopa, e goleou por 5 a 0. Foi a 10ª vitória do PSG em 12 rodadas, com 32 pontos e 39 gols marcados, um início recorde para o líder do Francês. O Angers tem 13 pontos e é o 13º do campeonato. 
PSG em dia inspirado: O Angers deu azar de encarar o PSG em um dia inspirado. O time parisiense entrou focado, atento na marcação e impiedoso com a bola nos pés. O resultado foi um confronto resolvido ainda antes do intervalo. O primeiro gol saiu com cinco minutos. Dani Alves percebeu a infiltração de Mbappé por trás da defesa e lançou o atacante. O talentoso jovem pegou de primeira, sem deixar a bola cair, para marcar belo gol.
Dano Alves variou seu repertório e, com 14 minutos, deu assistência para Draxler, desta vez com passe vertical e rasteiro. O alemão tocou com categoria por cima do goleiro. No grande primeiro do PSG, Mbappé foi o melhor jogador e foi dele a jogada para o terceiro gol. Rabiot puxou o contra-ataque e colocou o atacante para correr em dispara, atravessando meio-campo até a área. Mbappé então deixou de letra para Cavani fazer o terceiro gol parisiense. 
Angers fica sem ação: O Angers ficou sem opções para o jogo. Fechado na defesa, os mandantes levaram dois gols em 15 minutos. Ao se abrir em busca de gols, acabaram por sofrer com os contra-ataques e levaram o terceiro antes do intervalo. Foi preciso contar com a acomodação do PSG para evitar uma goleada com placar ainda mais largo.
Mesmo diminuindo o ritmo no segundo tempo, Cavani ampliou a diferença na partida com 16 minutos, em novo contra-ataque. O uruguaio recebeu de Pastore pela direita e arrancou até a área antes de estufar a rede. Com o placar irreversível, Cavani deu lugar a Lucas Moura, que puxou o contra-ataque para o quinto gol aos 37 minutos. O brasileiro deixou Mbappé livre na área, e o atacante francês ainda driblou o goleiro antes de tocar para o 5 a 0.
Poste um Comentário
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

No comments :


Geral

[Geral][twocolumns]

.

.

Esporte

[Esporte][bleft]

Eventos

[Eventos][twocolumns]

Jurídicas

[Jurídicas][bleft]