Ibicaraí e Região

[Ibicaraí e Região][twocolumns]

Bastidores da Política

[Bastidores da Política][bleft]

Novas delações podem atingir inquéritos sobre Temer, diz Janot


Novas delações podem atingir inquéritos sobre Temer, diz Janot
As delações premiadas em andamento devem embasar novas denúncias contra o presidente Michel Temer (PMDB) por parte da Procuradoria-Geral da República (PGR). Segundo o procurador-geral Rodrigo Janot, as novas denúncias devem ser por suspeita de obstrução de Justiça e organização criminosa.  Atualmente, a PGR negocia as delações do ex-deputado Eduardo Cunha e do operador financeiro Lúcio Funaro, ambos presos pela Lava Jato. Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, Janot disse que não pode confirmar as tratativas por conta do sigilo que a lei impõe, mas frisou que para aceitar um acordo de delação, o colaborador terá que entregar gente do andar de cima.  "Não adianta ele virar para baixo, não me interessa", disse. Questionado se a declaração de Temer na conversa gravada com o empresário Joesley Batista, dono da JBS, deixou claro que o peemedebista estava avalizando a compra do silêncio de Eduardo Cunha (PMDB, Janot foi enfático: "'Tem que manter isso' o que é? Uma compra de carne? É uma feitura de suco? É fazer lanche? Qual era o fato que se discutia?"  "'Eu estou segurando a boca de duas pessoas, Cunha e Funaro'. 'Muito bom, muito bom, tem que manter isso'. Esse diálogo não foi negado pelo presidente, mas ele diz assim: 'A interpretação que eu faço desse diálogo é outra'. Se a gente não vive o país da carochinha, vamos interpretar o que está dito, gravado".
Poste um Comentário
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

No comments :


Geral

[Geral][twocolumns]

.

.

Esporte

[Esporte][bleft]

Eventos

[Eventos][twocolumns]

Jurídicas

[Jurídicas][bleft]