Ibicaraí e Região

[Ibicaraí e Região][twocolumns]

Bastidores da Política

[Bastidores da Política][bleft]

Cerca de 117 jornalistas foram mortos este ano; Brasil é o lugar mais perigoso na América Latina

  O Instituto Internacional de Imprensa (IPI) publicou na segunda-feira (30) um informe no qual diz que 117 jornalistas morreram em 2013 por conta do trabalho, o que situa este ano como o segundo mais letal para a profissão desde 1997. O pior ano desde que esta organização que agrupa mais de 100 países iniciou em 1997 seus cálculos sobre a morte de jornalistas foi o de 2012, quando 132 profissionais morreram. 
  A Síria, com 16, é o país no qual mais repórteres morreram neste ano e o Oriente Médio e o norte da África representam as regiões mais letais para o jornalismo, com um total de 38 profissionais mortos. O Iraque e as Filipinas registraram 13 jornalistas mortos cada um e compartilham o segundo posto dos países nos quais os informadores estão mais expostos.
  Na América Latina, o Brasil é o país mais perigoso para os jornalistas, com seis informadores mortos por fazer seu trabalho em 2013, e o IPI denuncia a impunidade existente nestes assassinatos. Tanto no México como na Guatemala e Honduras foram registrados três assassinatos, enquanto na Colômbia e Paraguai foram contabilizados dois por país, um no Equador e outro no Peru. Com informações do Portal Terra.
Poste um Comentário
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

No comments :


Geral

[Geral][twocolumns]

Esporte

[Esporte][bleft]

Eventos

[Eventos][twocolumns]

Jurídicas

[Jurídicas][bleft]